polícia

Três crianças mantidas em cárcere privado são resgatadas em Santa Teresa

03 jun 2024 - 16:17

Redação Em Dia ES

Share
Crianças foram encontradas em situação semelhante a de cativeiro durante um cumprimento de busca realizado pela Polícia Civil no dia 17 de maio, após acionamento do MPES
Três crianças mantidas em cárcere privado são resgatadas em Santa Teresa. Foto: PCES

Três crianças, sem idades informadas, foram resgatadas após serem encontradas em situação semelhante a de cativeiro em Santa Teresa, na Região Serrana do Espírito Santo, durante um cumprimento de mandado de busca cumprido pela Polícia Civil no último dia 17. Elas foram acolhidas pelo Conselho Tutelar e levadas para um abrigo.

A mãe, uma mulher de 43 anos, chegou a ser autuada em flagrante por cárcere privado e maus-tratos, sendo encaminhada ao sistema prisional, mas foi liberada pela Justiça em audiência de custódia, com a necessidade de cumprir medidas cautelares.

Os nomes dos envolvidos e do bairro onde ocorreu a situação não estão sendo divulgados para preservar as vítimas, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (Ecriad).

O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) disse, em nota, por meio da Promotoria de Santa Teresa, que requereu à Justiça a decisão de cumprimento de um mandado de busca no município, para localização das três crianças.

O órgão disse que tomou ciência dos fatos pelo Conselho Tutelar do município, que recebeu denúncia de que os menores deixaram de ir à escola e não foram mais vistos na região.

A Polícia Civil destacou que a operação ocorreu no dia 17 de maio, e reforçou que, “por envolver menor de idade, o caso segue sob sigilo e nenhum detalhe será repassado”, disse a corporação, em nota.

O Ministério Publico pediu que, caso alguém tenha mais informações sobre esse caso, ou outras situações de maus-tratos, de violência contra crianças ou adolescentes, é possível informar o órgão por meio do telefone 127, pelo site ouvidoria.mpes.mp.br, pelo e-mail ouvidoria@mpes.mp.br; e ainda pelo aplicativo MPES Cidadão. Outras formas de denunciar são por demais instituições de proteção às crianças e adolescentes, como a Polícia Civil, Polícia Militar ou Conselho Tutelar.

0
0

Atualizado 03 jun 2024 - 16:56

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.