polícia

Polícia Militar faz operação para prender suspeitos de matarem sargento a tiros em Cariacica

05 jul 2024 - 09:27

Redação Em Dia ES

Share
O policial identificou-se como morador do bairro, mas foi reconhecido
O sargento Magno Colatti foi baleado por criminosos após ser abordado por dois homens em uma rua do bairro. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A Polícia Militar do Espírito Santo montou um grande operação para prender os suspeitos da morte do sargento Magno Colatti, assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (4), no bairro Mucuri, em Cariacica, na Grande Vitória. Nas redes sociais, o secretário de Segurança do Espírito Santo, Eugênio Ricas, disse que as forças de segurança não vão descansar enquanto não encontrarem os suspeitos.

“Já temos alguns suspeitos, essa é a prioridade absoluta tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil. Nós não vamos descansar enquanto não localizarmos, não identificarmos, não prendermos esses criminosos que tiraram a vida de um colega, de um irmão, de um um policial militar”, disse

O sargento Magno Colatti foi baleado por criminosos após ser abordado por dois homens em uma rua do bairro. De acordo com testemunhas, o PM estava na garupa de uma moto, junto com um primo, quando foi abordado por criminosos. Os suspeitos mandaram os dois homens se identificarem.

O PM teria dito a eles que era morador do bairro. Neste momento, os criminosos teriam o identificado como policial. Um dos suspeitos então, teria aberto fogo e atingido a vítima com pelo menos cinco disparos.

O policial foi socorrido e levado para o Pronto Atendimento de Arlindo Villaschi, em Viana, pelo helicóptero Harpia da Polícia Militar. Ele recebeu atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos. Uma segunda pessoa também foi atingida por disparos, mas ainda não foi identificada.

0
0

Atualizado 05 jul 2024 - 10:16

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.