polícia

Oito detentos fogem do Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha

02 abr 2024 - 16:27

Redação Em Dia ES

Share
Eles serraram cadeados e tiveram acesso ao portão externo e alambrado da penitenciária, utilizando ferramentas da própria fábrica
Na foto, da esquerda para a direita: Claudiomar Ferreira dos Santos, Fabricio Freire de Oliveira, Paulo Victor Celeste Camponez, Lucas de Souza Silva, Vagner Lima Almeida, Iury Souza Santos, Luiz Augusto de Oliveira Abreu e Ricardo Bueno Neves Filho. Foto: Getty Images

Oito detentos fugiram da Penitenciária Estadual de Vila Velha 3, no Complexo do Xuri, no início da tarde desta terça-feira (02).

De acordo com a Secretaria da Justiça (Sejus), os internos fugiram da fábrica de sapatos instalada na unidade prisional. Eles serraram cadeados e tiveram acesso ao portão externo e alambrado da penitenciária, utilizando ferramentas da própria fábrica.

Os fugitivos foram identificados como:

• Claudiomar Ferreira dos Santos
Entrada no sistema prisional em 09/10/2021 por tráfico de drogas e homicídio.

Passagens anteriores de 09/2013 a 09/2021.

• Fabricio Freire de Oliveira
Entrada em 11/04/2020 por tráfico de drogas e homicídio.

Passagens anteriores de 07 a 11/2019.

• Paulo Victor Celeste Camponez
Entrada no sistema prisional em 26/09/2021 por tráfico de drogas.

Passagens anteriores de 09/2015 a 12/2020.

• Lucas de Souza Silva
Entrada em 13/08/2020 por tráfico de drogas e homicídio.

Passagens anteriores de 07/2019 a 11/2019.

• Vagner Lima Almeida
Entrada no sistema prisional em 15/10/2018 por roubo, homicídio e tráfico de drogas.

• Iury Souza Santos
Entrada em 24/09/2019 por roubo e homicídio.

Passagens anteriores de 03/2017 10/2018.

• Luiz Augusto de Oliveira Abreu
Entrada no sistema prisional em 14/11/2013 por homicídio.

• Ricardo Bueno Neves Filho
Entrada no sistema prisional em 10/02/2022/ por Tráfico de drogas e homicídio.

Passagens anteriores de 04/2012 a 12/2021.

A Sejus informou que policiais penais atuam nas buscas em toda a região do Complexo para localizar os fugitivos e que as circunstâncias da fuga ainda estão sendo apuradas. “A ação conta com servidores da Divisão de Escolta e Recaptura Policial (DERP) e Diretoria de Operações Táticas (DOT), com apoio do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer)”, afirmou a secretaria.

0
0

Atualizado 08 abr 2024 - 18:31

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.