geral

Solo da mina da Braskem, em Maceió, já afundou mais de 2 metros

08 dez 2023 - 13:33

Redação Em Dia ES

Estadão Conteúdo

Share
Ao todo, já foram 2,02 metros desde 30 de novembro, com velocidade de afundamento de 0,21 centímetro por hora, ou 5,2 cm por dia
Solo da mina da Braskem, em Maceió, já afundou mais de 2 metros. Foto: Robson Barbosa/AFP

O afundamento do solo na região da mina 18 da Braskem em Maceió tem avançado de forma acelerada, conforme a Defesa Civil do município informou nessa quinta-feira, 7. Ao todo, já foram 2,02 metros desde 30 de novembro, com velocidade de afundamento de 0,21 centímetro por hora, ou 5,2 cm por dia.

“Por precaução, a recomendação é clara: a população não deve transitar na área desocupada até uma nova atualização da Defesa Civil, enquanto medidas de controle e monitoramento são aplicadas para reduzir o perigo”, diz a Defesa Civil de Maceió. “A equipe de análise da Defesa Civil ressalta que essas informações são baseadas em dados contínuos, incluindo análises sísmicas.”

A região, que fica no bairro Mutange, à beira da lagoa Mundaú e próxima ao antigo Centro de Treinamento do Centro Sportivo Alagoano (CSA), clube de futebol local, vem sendo monitorada há anos e já havia sido desocupada por conta do risco de desabamento.

A situação ser considerada “estável” até que em 30 de novembro deste ano, após novos tremores serem sentidos na região, a Defesa Civil decretou estado de emergência para um possível colapso.

O caso acontece porque a extração de sal-gema, um cloreto de sódio utilizado para produzir soda cáustica e policloreto de vinila (PVC), feita pela petroquímica Braskem até 2019, comprometeu o solo. Outros bairros também sofrem do problema e tiveram casas abandonadas pelo risco anos atrás, apesar de terem situação ainda considerada “estável” pela Defesa Civil.

A mina 18 é uma das 35 cavidades abertas pela Braskem em Maceió para a extração de sal-gema. Ela tinha 500 mil metros cúbicos, segundo a prefeitura. Não é possível prever, ainda, o tamanho da cratera que se formará com o possível colapso.

0
0

Atualizado 10 dez 2023 - 23:00

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.