geral

Senado aprova financiamento de 80 milhões de dólares para programa ambiental do ES

15 maio 2024 - 09:45

Redação Em Dia ES

Share
Com o aporte adicional de contrapartida do Governo do Estado, o valor total disponibilizado alcança a marca de US$ 113,6 milhões
Senado aprova financiamento de 86,61 milhões de dólares para programa ambiental do ES. Foto: Reprodução/Governo ES

O Governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou nesta terça-feira (15), através de seu perfil na rede social X (ex-Twitter), a aprovação pelo Senado Federal do financiamento, pelo Banco Mundial, no valor de 86,61 milhões de dólares. Esse montante será destinado ao Programa de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas do Espírito Santo – Programa Águas e Paisagem II.

O Programa Águas e Paisagem II prevê ações relacionadas à melhoria da governança e do aperfeiçoamento dos instrumentos de gestão de recursos hídricos, integrada com o fortalecimento do sistema de proteção e defesa civil para ampliar a capacidade de respostas, prevenção e defesa contra eventos hidrológicos críticos adversos.

Com o aporte adicional de contrapartida do Governo do Estado, o valor total disponibilizado alcança a marca de US$ 113,6 milhões.

Programa Águas e Paisagem II
O projeto oferece ao Estado a oportunidade de ampliar sua resiliência a eventos extremos a partir de uma perspectiva de bacia hidrográfica, ao mesmo tempo em que se concentra nas necessidades específicas de infraestrutura para regiões impactadas por inundações recentes e recorrentes.

Contempla ações na Bacia Hidrográfica do Rio Itapemirim, uma das maiores e economicamente mais estratégicas do Estado e particularmente dependente de segurança hídrica, com prioridade de atenção devido à sua vulnerabilidade cada vez maior às mudanças climáticas. E também irá atuar, de forma especial, na região das bacias dos rios Iconha e Benevente, em atenção aos municípios de Iconha e Alfredo Chaves, impactados por inundações recentes e devastadoras, com previsão de receber investimentos em estudos, projetos para implantação de infraestrutura hídrica de contenção de cheias.

Além de contemplar a execução de importantes intervenções nos municípios de Águia Branca, João Neiva e Ibiraçu, com a implantação de obras para mitigar o impacto das enchentes em suas respectivas áreas urbanas.

Na busca por alternativas viáveis para melhorar a gestão de bacias hidrográficas, o Espírito Santo se tornou um dos Estados pioneiros na adoção de pagamentos por serviços ambientais (PSA), por meio de seu Programa Reflorestar, lançado em 2011, e tornou-se um dos maiores programas estaduais de restauração florestal do Brasil.

O Reflorestar oferece pagamentos aos proprietários de terras pelo reflorestamento ou adoção de usos sustentáveis da terra em sub-bacias hidrológicas importantes, gerando oportunidades de renda para os produtores rurais e incentivando a adoção de práticas sustentáveis de uso da terra, por meio do mecanismo de PSA (Pagamentos por Serviços Ambientais).

1
0

Atualizado 15 maio 2024 - 09:58

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.