esporte

Espírito Santo poderá sediar os Jogos da Juventude em 2026

03 maio 2024 - 19:22

Redação Em Dia ES

Share
Os Jogos da Juventude, que é a etapa nacional dos Jogos Escolares, na categoria juvenil, envolvem anualmente as 27 federações do País, com a participação de cerca de 4.500 atletas de até 17 anos divididos em 18 modalidades esportivas
Espírito Santo poderá sediar os Jogos da Juventude em 2026. Foto: Washington Alves/COB

O governador do Estado, Renato Casagrande, recebeu, na tarde desta sexta-feira (03), a visita do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, acompanhado do secretário de Estado de Esportes e Lazer, José Carlos Nunes. Durante o encontro, o Governo do Estado se colocou à disposição para o Espírito Santo sediar os Jogos da Juventude, em 2026.

Organizado pelo COB, os Jogos da Juventude, que é a etapa nacional dos Jogos Escolares, na categoria juvenil, envolvem anualmente as 27 federações do País, com a participação de cerca de 4.500 atletas de até 17 anos, oriundos de escolas públicas e privadas. São 18 modalidades esportivas disputadas.

“Além do lindo agasalho que recebi do Brasil, tivemos a oportunidade de conversar sobre diversas de nossas ações na área dos esportes. Vamos colocar o Espírito Santo para trabalhar para ser a sede dos Jogos da Juventude em 2026. Fiquei muito feliz pela visita do Paulo Wanderley por iniciativa dele. Para nós, que damos tanta importância ao esporte, recebê-lo aqui é motivo de muita alegria”, destacou o governador.

Nomes importantes do esporte nacional despontaram nos Jogos da Juventude, como, por exemplo, a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô, e os capixabas Paulo André Camilo, do atletismo, e Geovanna Santos, da ginástica rítmica.

Este ano, a competição será realizada em João Pessoa-PB, em novembro. Em 2025, acontecerá em Brasília-DF. Já a divulgação dos anfitriões de 2026 deve acontecer no fim deste ano, durante a cerimônia de abertura na capital da Paraíba, com o Espírito Santo sendo candidato à sede.

Paulo Wanderley é natural do Rio Grande do Norte, mas ainda novo mudou-se para o Espírito Santo, onde se radicou e viveu grande parte de sua vida ligada ao esporte, em especial, o judô.

É a minha primeira visita ao Palácio Anchieta. Nesta caminhada para que o Espírito Santo talvez possa sediar os Jogos da Juventude em 2026, será uma satisfação em dose dupla. Por ter vivido muito tempo aqui e pela sua gestão. Soube das políticas públicas que vêm sendo implantadas no Estado, como a Lei de Incentivo ao Esporte, que é fenomenal, e também conheci a Ciclovia da Vida, que é uma obra espetacular”, afirmou o presidente do COB.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, José Carlos Nunes, também comentou sobre a possibilidade de o Espírito Santo sediar o evento.

“Temos grandes estruturas, como o nosso Centro Jayme Navarro de Carvalho, na sede da Sesport, com dois ginásios poliesportivos, ginásio de lutas, de ginástica rítmica, e o ginásio do DED. Além de outros equipamentos esportivos, como pista de atletismo e piscinas olímpicas, a distâncias próximas, o que facilitaria toda a logística para a organização. Com o Estado belíssimo que temos, tenho certeza que seria uma grande edição dos Jogos da Juventude”, garantiu Nunes.

Na edição de 2023, disputada em Ribeirão Preto-SP, o Espírito Santo terminou na 9º colocação geral, entre os 27 estados do País, e conquistou 17 medalhas.

0
0

Atualizado 03 maio 2024 - 19:22

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.