educação

Educadora capixaba está entre os vencedores da 25ª edição do Prêmio Educador Nota 10

10 out 2023 - 09:59

Redação Em Dia ES

Share
Com projeto no eixo Direitos Humanos, Priscilla Castro dos Santos, de Vitórias, foi uma das vencedoras com trabalho sobre crianças com autismo
Educadora capixaba está entre os vencedores da 25ª edição do Prêmio Educador Nota 10. Foto: Reprodução

Um dos maiores prêmios da Educação Nacional, o Prêmio Educador Nota 10, divulgou os vencedores de sua 25ª edição, enaltecendo nove boas práticas de aprendizagem idealizadas por professores e gestores escolares, da educação infantil ao ensino médio. Entre os escolhidos está Priscilla Castro dos Santos, do Centro Municipal de Educação Infantil Cecília Meireles, em Vitória. Ela é um dos 9 premiados em todo o país. No próximo dia 25 de outubro, no Teatro B32, em Sao Paulo, será conhecido o Educador do Ano.

Este ano, o Prêmio é correalizado pelo Instituto Somos, uma entidade sem fins lucrativos mantida pela Somos Educação, e a Fundação Victor Civita, consolidando o compromisso com o aprimoramento da educação no país. No total, a 25ªedição recebeu mais de 2.600 inscrições do Brasil inteiro, nas categorias Inovação e Tecnologia, Sustentabilidade e Direitos Humanos.

Priscilla chamou a atenção do Comitê Avaliativo com o projeto Mini-história: um olhar poético do cotidiano das crianças com autismo. Em seu trabalho, a professora apresenta como ponto mais relevante o fato de lançar para as crianças com algum tipo de deficiência, sobretudo aquelas com autismo, um olhar que aposta na condição de sujeito de cada uma delas. Um olhar que vê na criança em situação de inclusão alguém que, assim como seus colegas, tem boas histórias a contar a partir de sua vivência. O trabalho está entre os três ganhadores do eixo Direitos Humanos.

Outras iniciativas
Além de Priscilla, outros oito educadores, com seus projetos e iniciativas, também foram escolhidos como ganhadores da 25ª edição pelo Comitê Avaliativo, composto por grandes especialistas em didáticas específicas, pesquisadores das principais universidades do país, orientadores de graduação e pós-graduação, bem como formadores de gestores e de professores em suas respectivas disciplinas. Para saber quem foram os outros vencedores, configura a lista abaixo.

Na categoria Inovação e Tecnologia, as vencedoras foram as professoras Elciane de Lima Paulino, de Guarabira (PB) com o projeto Introspecção poética de Augusto dos Anjos no EU do Século XXI, Elenjusse Martins da Silva Soares, de Canaã dos Carajás (PA) com Projeto Institucional Ler Conecta, e Francieli Carvalho Taborda, de Camboriú (SC) por meio da iniciativa “O que se faz na educação infantil? A documentação pedagógica como estratégia para tornar visível o trabalho com intencionalidade pedagógica e o protagonismo da criança pequena.

No eixo Sustentabilidade, foram premiados os professores Francisco Rodrigo de Lemos Caldas, de Juazeiro do Norte (CE) pelo projeto Ecopuro: purificador sustentável, Nadine de Andrade, de Blumenau (SC), com a iniciativa Do barro ao papel: a natureza como lugar de pertencimento e desenvolvimento, e Eliana Corrêa de Araújo, de Euclides da Cunha Paulista (SP) pelo trabalho Comunidade ativa – jogar, brincar de viver.

Já na temática Direitos Humanos, estão Priscilla Castro dos Santos, de Vitória (ES) com o projeto Mini-história: um olhar poético do cotidiano das crianças com autismo, Livia Guimarães Arruda, de São Paulo (SP) pelo trabalho Motoca na praça: andanças e aventuras de triciclo pela Praça da República e centro de São Paulo, e Rodrigo Tetsuo Hirai, de Campinas (SP) por meio da iniciativa Os brinquedos antigos e os dias atuais: refletindo as mudanças a partir do pião de madeira.

Premiação
Os premiados em terceiro lugar de cada categoria receberão um vale-presente no valor de R$ 10 mil, uma bolsa integral de pós-graduação da instituição de ensino Anhanguera e 12 meses de acesso à plataforma PROFs, sistema de formação de educadores da Somos Educação.

Já os ganhadores do segundo prêmio serão agraciados com um vale de R$ 15 mil e terão acesso aos outros benefícios dos terceiros colocados. Já os vencedores de cada categoria ganharão R$ 25 mil, além do benefício da pós-graduação na Anhanguera, terá acesso a 24 meses da plataforma Profs e concorrerão à categoria Educador do Ano.

O ganhador do melhor projeto ganhará R$ 25 mil adicionais para o investimento em serviços, produtos e infraestrutura, na escola onde o projeto foi realizado.

0
0

Atualizado 10 dez 2023 - 22:50

Se você observou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, nos avise. Clique no botão ALGO ERRADO, vamos corrigi-la o mais breve possível. A equipe do EmDiaES agradece sua interação.

Comunicar erro

* Não é necessário adicionar o link da matéria, será enviado automaticamente.

A equipe do site EmDiaES agradece sua interação.